Bloco Quizomba faz desfile pedindo PAZ no Carnaval 2014

Bloco Quizomba faz desfile pedindo PAZ

Um dos mais concorridos e animados blocos do carnaval carioca, o Quizomba é hoje referência de festa e boa música. Todos os anos, o bloco arrasta milhares de foliões pelas ruas da Lapa, no Rio de Janeiro, com seus arranjos brasileiríssimos e únicos para tradicionais canções de compositores e bandas populares, como Jorge Ben, Tim Maia, Seu Jorge, O Rappa, Titãs, Alceu Valença, Nirvana e Rolling Stones.

Comemorando 12 anos de história, o Quizomba traz para o carnaval 2014 o enredo emblemático do ‘Flower Power’, slogan criado nas décadas de 60 e 70 para combater com propostas pacíficas as ações violentas na Guerra do Vietnã. O tema vem importado do bloco parceiro Acadêmicos do Baixo Augusta, de Alê Youssef, com quem o Quizomba desfila há dois anos em São Paulo. Assim como no desfile paulistano, que acontece no dia 23 de fevereiro de 2014, na Rua Augusta, a bateria do Quizomba vai distribuir flores e tocar músicas como Primavera (Tim Maia), I Will Survive (Glorya Gaynor) e Age of Aquarius (The Mamas and The Papas) para resgatar o clima de diversidade, paz e amor. “Queremos lembrar tanto ao Governo quanto ao povo, que o melhor caminho ainda é sempre o diálogo, a paz, a não-violência, destaca André Schmidt, diretor geral do Quizomba.

No sábado, dia 8 de março, a partir das 9 h, a bateria com 180 ritmistas formados pela Oficina de Percussão do Quizomba no Rio de Janeiro faz a festa festa pelas ruas do bairro da Lapa, no já consagrado encerramento do carnaval de rua carioca. No repertório superdançante, músicas como “Sonífera Ilha” (Titãs), São Gonça (Seu Jorge), “Pescador de Ilusões” (O Rappa), “Saideira” (Skank), “Satisfaction” (Rolling Stones) e “Smells Like Teen Spirits” (Nirvana), ganham espaço ao lado dos clássicos sambas-enredos e das marchinhas carnavalescas.

O último ensaio aberto antes da grande festa acontece dia 26 de fevereiro de 2014, no Circo Voador, a partir das 22h.

Ao completar 12 anos, o Quizomba está hoje entre os blocos-referência no carnaval de rua do Rio de Janeiro e abertos a públicos de todos os gostos, gêneros e idades. “Nossa proposta é trazer sempre muita diversão, música de qualidade e o sabor do carnaval carioca”, conta Schmidt.