Sem Carnaval 2019 : Várias Prefeituras decidem não apoiar a folia

Paraiso do Tuiuti Carnaval 2017 Rio de Janeiro Carnaval 2017

Sem Carnaval 2019

Várias Prefeituras decidem não apoiar a folia

A crise financeira é o motivo alegado por diversas prefeituras para cancelar o apoio na realização da edição 2019 do Carnaval. Não irão apoiar a folia as prefeituras de Ji-Paraná (RO), Ariquemes (RO), Jardim (MS), Terenos (MS), Chapadão do Sul (MS), Anaurilândia (MS), Lagoa Santa (MG), Conselheiro Lafaiete (MG), Paranaíba (MS), Votorantim (SP), Piracuruca (PI), Dom Pedrito (RS), Canoas (RS), Bagé (RS), Belterra (PA), Viçosa (MG), Tobias Barreto (SE) e Itabuna (BA).

Em virtude da dívida do Governo de Minas com a Prefeitura de Viçosa que já ultrapassam o montante de R$ 23 milhões, a Prefeitura de Viçosa, anuncia que não irá promover o carnaval oficial do Município em 2019. A decisão foi em decorrência da situação financeira que atinge os municípios mineiros resultante da falta de recursos devidos e não repassados pelo  Governo de Minas na gestão passada e que ainda persiste na atual gestão.

Em Porto Alegre, a gestão Nelson Marchezan do PSDB decidiu trabalhar somente para o Carnaval de Rua, deixando o tradicional e popular desfiles das Escolas de Samba, da LIESPA, abandonado. A ação é uma marca do governo tucano na capital gaúcha, que visa atender os desejos e necessidades de um grupo elitista, esquecendo que a gestão pública é voltada para também atender a grande população e não somente um grupo. A Prefeitura de Porto Alegre negociou o Carnaval de Rua da cidade por apenas 50 mil reais.

Lagoa Santa / MG
A Prefeitura de Lagoa Santa comunica o cancelamento das comemorações oficiais do Carnaval 2019, tendo em vista a situação financeira do município, frente a falta de repasses de recursos municipais por parte do governo do Estado de Minas Gerais que em 2018 atingiram cerca de 28 milhões de reais, e as medidas necessárias de contenção de despesas. Blocos de rua, escolas de samba, associações culturais ou instituições privadas sem fins lucrativos que queiram organizar eventos carnavalescos e promover desfiles de rua na cidade, deverão comunicar à Prefeitura, requerer alvará apresentando a documentação necessária em tempo hábil e poderão participar de chamamento público através de edital da Diretoria de Turismo e Cultura.

Conselheiro Lafaiete / MG
O Prefeito Mário Marcus, juntamente com o Secretário de Cultura Geraldo Lafayete, anunciou nesta tarde, 05/02, que após analisarem a conjuntura atual e todos os aspectos referentes à situação do município ocasionada pelo atraso de repasses de recursos por parte do Governo do Estado e, ainda em respeito e solidariedade às inúmeras famílias lafaietenses que perderam seus entes na tragédia ocorrida em Brumadinho, não há ambiente e nem recursos para a realização do carnaval oficial que, além de todos os desafios, demanda investimentos significativos.