Carnaval exige cuidados para evitar danos como cãibras, dores musculares e aparecimento de varizes

Carnaval Dicas de Saúde Carnaval Cuidados Cãibras Dores Musculares Varizes

Algumas dicas são fundamentais para terminar os quatro dias de folia com energia 
e evitando danos como cãibras, dores musculares e aparecimento de veias e vasos

Existe época do ano mais animada que a do Carnaval ? A festa mais divertida da temporada
está se aproximando e mobiliza todas as regiões do país. Não há quem não tenha uma
programação especial para curtir os quatro dias de muita diversão, mas todo cuidado é pouco
quando se trata da saúde dos foliões.

E para que a quarta-feira seja de cinzas, e não de trevas, algumas dicas são fundamentais:
– beber bastante líquido, tentar sempre andar com uma garrafa de água para não correr o risco
de ter uma desidratação,
– ingerir alimentos leves e saudáveis,
– cuidar da pele e sempre passar filtro solar, para que o sol não cause maiores danos,
– usar roupas leves,
– massagear os pés com um bom creme, relaxar e ficar com as pernas para cima,
principalmente para quem usa salto, a fim de evitar: cãibras, dores musculares,
comprometer a circulação e “abrir alas” para veias e vasos.

Segundo o Dr. José João Lopes, angiologista e cirurgião vascular, na planta do pé há um tecido
semelhante a uma esponja, que é comprimido ao caminhar. Neste processo acontece
um movimento de flexão e extensão que auxilia a volta do sangue ao coração.

“As mulheres ao usar salto muito alto, acabam mudando a conformação dos pés,
e acham dificuldade na contração desta esponja. Deste modo, a força de retorno do sangue
diminui, podendo causar varizes”, explica o Dr. José João . Para quem não dispensa o salto,
o ideal é não abusar do tamanho dele, preferindo altura de até 4 centímetros.
Quem vai atrás do trio elétrico, é melhor optar por um sapato baixo e confortável.

Para quem for viajar a dica é tomar cuidado com trajetos longos, o ideal é não ficar muito
tempo na mesma posição, tentar se mexer mesmo em um local apertado, pois o estresse
da viagem junto com o aperto do assento (seja ele de carro, ônibus ou avião)
prejudica a circulação das pernas e pode ocasionar ou agravar as varizes.

Viagens longas propiciam o desenvolvimento de varizes, pois as pernas permanecem
muito tempo na mesma posição e comprimidas, o que dificulta a circulação sangüínea”,
afirma o médico. Os resultados da quase total ausência de movimento são:
pernas e pés inchados, acúmulo de líquido e dificuldade de locomoção.
No caso de quem já tem varizes, essas condições podem agravar o problema,
trazendo mais desconforto.

Segundo algumas pesquisas, a procedência da Trombose Venosa “Assintomática”
pode ocorrer em até 10% das pessoas que fazem viagens de longa duração (mais que 5 horas).
“A TVP é assintomática e difícil de ser diagnosticada, por isso é importante que o paciente
fique atento ao surgimento dos primeiros sinais. Algumas pessoas têm propensão
a desenvolver esta doença, como gestantes, fumantes e sedentários”, diz Dr. José João.

Para prevenir e amenizar as conseqüências do carnaval, o especialista recomenda
primordialmente o repouso. O organismo é uma máquina que apesar de ser quase perfeita,
necessita descansar, principalmente após esforços físicos exagerados.

Mais informações  :  Angiologista e Cirurgião Vascular Dr. José João Lopes 
Unidade Itam Bibi
:: Rua Pedroso Alvarenga, 1255, cj. 72 – Itaim Bibi – São Paulo – SP
:: Telefones : (11) 3078-1967 / (11) 3078-1934
Unidade Santana
:: Rua Voluntários da Pátria, 2.820, cj. 86 – Santana – São Paulo – SP
:: Telefone : (11) 2978-6050

Fonte : Facto Jornalismo Empresarial
Foto : Ilustração IMGs

Booking.com