Dicas de Moda : confira o certo e o errado para o Carnaval

Roupa de carnaval 2014, confira o certo e o errado desta festa

Na festa mais agitada do país são diversas as opções de comemoração, alguns foliões não abrem mão de ir até a avenida prestigiar os desfiles das escolas de samba, outros preferem os blocos de ruas, bailes de clubes ou até mesmo as festas temáticas em baladas. Porém, cada ocasião pede um dress code de carnaval diferente e adequado ao local.

Para a  designer de moda, Thais Lee, o conforto deve ser a prioridade no momento da escolha do look para a ocasião. “O carnaval é um período de diversão, e não existe nada pior do que ficar se preocupando com a roupa que fica caindo ou a maquiagem que está derretendo”, afirma.

Para evitar dúvidas na hora de se vestir, Thais Lee separou algumas sugestões para as festas de carnaval e o que pode e não pode. Confira as dicas:

Acessórios

No carnaval é permitido abusar no uso dos brincos, colares e pulseiras, mas priorize o conforto e não utilize acessórios em excesso. “Se você vai ficar pulando o dia e a noite inteira, com certeza os acessórios vão te atrapalhar”, diz Thais Lee.

No camarote ou balada é possível abusar um pouco mais no uso dos acessórios, afinal são lugares que exigem mais capricho e sofisticação no momento de se arrumar.

Nos blocos e desfiles, a dica é priorizar acessórios pequenos e que possuam fechos resistentes. “O look de carnaval é mais leve, até por conta da estação e do ambiente, porém isso não significa que a mulher deve abrir mão dos belos acessórios. A sugestão é, por exemplo, usar um maxi brinco e um rabo de cavalo, uma combinação perfeita e infalível”, afirma a apresentadora.

Maquiagem

Para o dia, use cores alegres e vivos, mas nada muito carregado. À tarde e a noite, brinque com a mistura ou aposte em pigmentos que garantem uma ótima durabilidade e intensidade. Já as mulheres mais básicas podem apostar na mistura de cores alegres como o laranja e o amarelo, com cores neutras, como o preto e o marrom.

O carnaval é a época ideal para usar e abusar das cores e misturas. “A maquiagem pode ser parte da fantasia, brincando com cristais, glitters e cílios postiços tanto para o  dia quanto para a noite”, sugere Thais.

Sapatos

Se a festa é em algum lugar com muitas pessoas, o mais indicado é o tênis, afinal alguns pisões no pé são inevitáveis, porém, aqueles que não gostam de tênis podem apostar na tendência desta estação, os espadrilles sem salto, ou até mesmo sapatilhas, rasteirinhas e os chinelos são indicados.

O salto é recomendado em raríssimos casos, apenas para camarotes ou baladas mais sofisticados, em outras situações dispense-o.

Dress code

Na balada, valem os mesmos looks, sendo eles, vestidos, saias, shorts e calças.

Para o camarote, invista um pouco mais no visual com shorts de tecidos, saias e vestidos.  “No camarote as pessoas costumam caprichar mais, porém, ainda sim é carnaval, então lembre-se que você vai dançar, suar, e que acima de tudo está a diversão”, explica Thais.

Nos blocos, o que mais vale é o conforto, por isso, nada de muita informação e peças exageradas. Use camisetas, regatinhas, batas, shorts e vestidinhos leves. “O top é uma peça chave para as micaretas e blocos de rua”.