Especialista do GRUPO GR mostra algumas dicas para passar o Carnaval 2014 com segurança

Carnaval é, sem dúvida, o evento mais esperado por muitos brasileiros. Época na qual as pessoas saem às ruas e se espalham entre bares, salões, clubes, praias e sambódromo. Lugares, esses, que se tornam propícios para furtos e arrastões.

Os foliões devem tomar algumas precauções e o especialista em segurança e gerente de projetos do GRUPO GR, Niv Yossef, mostra algumas informações para prevenir situações de risco.
CUIDADOS COM AS CRIANÇAS:
– Normalmente, as crianças não sabem passar informações para ajudar a encontrar seus responsáveis. Por isso, o ideal é que elas tenham uma identificação, como pulseiras ou etiquetas pregadas na roupa com o nome, endereço e telefone dos pais.
– Na praia, mostre para as crianças referências fixas de onde a família está instalada, como uma placa, uma barraca ou um prédio diferenciado.
– É recomendável que os pais orientem seus filhos para que eles nunca acompanhem estranhos ou aceitem doces e presentes.
– Não é recomendável que crianças carreguem celulares ou câmeras digitais sozinhas para não atrair a ação de criminosos.
– A criança deve ser orientada também a reconhecer e buscar ajuda com policiais, casos se sintam perdidas ou assustadas.
– Se a criança se perder em eventos, shoppings ou parques, a primeira coisa a ser feita é sempre procurar pela administração ou segurança local.
– Nas praias, no caso da criança se perder, é importante buscar ajuda com o salva-vidas ou o corpo de bombeiros.
– Na maioria dos casos, a prevenção é a melhor solução. Andar de mãos dadas com a criança durante o passeio é uma ótima opção. Desta forma, não é possível perdê-la de vista.
NAS RUAS:
– Previna-se contra a ação dos marginais não ostentando objetos de valor como relógios, joias, pulseiras, celulares, tablets, colares, etc.
– Evite transitar em ruas ou praças mal iluminadas.
– Se sentir que está sendo seguido, entre em algum estabelecimento comercial ou atravesse a rua.
– Não saia com grandes quantias de dinheiro ou cartões de crédito se não houver necessidade.
– Não abra a carteira ou a bolsa na frente de estranhos.
– Ao sair sozinho, procure sempre ficar no centro da calçada e na direção contrária ao trânsito. Fica mais fácil perceber a aproximação de um veículo suspeito.
– Não deixe de comunicar a presença de elementos suspeitos nas proximidades de sua casa ou local de trabalho.
– Ao retornar para sua residência notando algum sinal estranho (porta aberta, luzes acesas, etc.), não entre em casa, chame a polícia.
CAIXAS ELETRÔNICOS:
– Quando precisar de ajuda no caixa eletrônico ou na agência bancária, dirija-se somente ao funcionário do banco. Não procure ajuda de estranhos.
– Ao sacar, coloque o dinheiro em vários bolsos.
– Evite abrir carteiras ou bolsas na frente de todo mundo.

– Prefira os caixas eletrônicos localizados em shopping centers, dentro de agências bancárias e em ruas ou locais bem iluminados.
– Evite fazer saques à noite.
– Certifique-se que não há alguém suspeito por perto, antes de entrar em um caixa eletrônico.
– Não guarde o cartão bancário e a senha no mesmo lugar, e não os entregue a estranhos. O ideal é memorizar a senha.
– Mantenha o corpo próximo à máquina e cubra o teclado com as mãos, evitando que outras pessoas vejam as informações na tela, sua senha e o valor retirado.
– Verifique sempre se o equipamento está operante antes de inserir o seu cartão no caixa eletrônico.
IMPORTANTE:
Nunca informe sua senha a ninguém!

NO TRÂNSITO
– Dirija com os vidros fechados, usando o sistema interno de ventilação e portas travadas.

– Não deixe os seus documentos no porta-luvas.

– Evite também deixar à mostra (ou mesmo sob os bancos) embrulhos, pastas e bolsas – o ideal é colocá-los no porta-malas do carro.
– No carro, evite adesivos, placas ou crachás que identifiquem o local onde você mora ou costuma frequentar.
– Ao parar nos semáforos, fique atento ao retrovisor de seu carro e mantenha o veículo engatado em 1ª marcha e distante do carro da frente o suficiente para arrancar, em caso de emergência.
– Evite atividades que tirem sua atenção do ambiente ao seu redor quando estiver parado (ex.: maquiar-se, falar ao celular, ler jornal, etc).
– Se for fumante, não fume parado no trânsito e muito menos com a janela aberta, pois essa conduta facilita a ação de criminosos.
– Se perceber estar sendo seguido por outro veículo, procure agir com naturalidade e dirija-se para ruas movimentadas.
– Ocorrendo uma leve colisão na traseira do seu veículo e você desconfiar de algo, dirija-se até um local movimentado e procure uma viatura ou posto policial.
– Evite ostentar o uso de joias, celulares, câmeras digitais, notebooks ou tablets.
– Atentar, ao chegar ou sair de casa, para a presença de estranhos nas imediações.
– Jamais dê carona a estranhos e não pare para auxiliar outros motoristas em locais ermos e horário avançado.
– Procure não transportar valores em seu carro quando estiver desacompanhado (a).
– Se um dos pneus esvaziar sem motivo aparente, não pare no primeiro momento, procure um lugar seguro para efetuar a troca.
– Evite deixar seu carro estacionado na rua, principalmente durante a madrugada.
– Desligue o carro, retire a chave do contato e tranque o veículo ao estacionar, mesmo que por poucos minutos.
– Procure estacionar em ruas iluminadas e próximo a locais vigiados dia e noite.
– Evite namorar dentro do carro, principalmente à noite e em lugares desertos.
– Não pare para discutir “fechadas” ou “batidinhas”. É comum que ladrões provoquem isso, só para assaltar.

ATENÇÃO: Cuidado com falsos mecânicos, sempre solícitos, que aparecem “milagrosamente” para ajudá-lo em locais ermos, tão logo seu carro entre em pane. Sinalize seu carro e peça apoio para a primeira viatura de polícia que cruzar por você.

ANTES DE IR VIAJAR:
– O melhor seria não deixar a casa sozinha, mas se isso não for possível, peça a um vizinho ou parente visitar diariamente o imóvel.
– Não passe informações da sua viagem( local, data de saída e data de chegada) para estranhos ou serviçais. Informe apenas pessoa da sua confiança.
– Se possível, peça para uma pessoa de sua confiança recolher as correspondências, jornais e até os dejetos de cachorro se houver, verificar movimentos estranhos de pessoas rondando a residência.
– Não deixe as luzes acesas durante o dia, pois isso significa ausência de moradores.
– Se possível, instale um aparelho de fotocélula para acender e apagar as luzes externas à noite e de dia, respectivamente.
– Deixe algum telefone de contato com um vizinho, parente ou amigo, para informarem alguma ocorrência.
– Em condomínios fechados ou edifícios não deixe as chaves na portaria.

– Se possível, instale um sistema de monitoramento de alarme e imagens, contratando uma empresa especializada em segurança eletrônica.
– É aconselhável que poucas pessoas saibam do sistema de segurança de sua casa.
EM RODOVIÁRIAS E AEROPORTOS
– Procure trocar o dinheiro somente em casas de câmbio ou bancos autorizados e, e possível, não o faça nas rodoviárias ou aeroportos.
– Utilize somente táxis credenciados.
– Não exiba grandes quantidades de dinheiro, tablets, relógio ou joias, pois despertam a atenção e o interesse dos ladrões.
– Evite carregar passaporte e cheques de viagem, e em caso de extravio comunique imediatamente a polícia.
– Normalmente as malas são muitas, então, não as perca de vista nem por um minuto.
– Use etiquetas grandes e/ou coloridas que permitam a fácil identificação de suas malas nas esteiras ou balcões de entrega, evitando assim a perda dos seus pertences ou lhe traga facilidade para identificá-los, caso tenha perdido.
– Não se descuide das bagagens de mão dentro do ônibus ou avião, fique sempre atento.
– Não deixe a bolsa, carteira ou pacotes em locais abertos ao público sem a devida vigilância.
– Evite fazer compras estando sozinho(a), os meliantes aproveitam-se de qualquer descuido.
– Não entre em lojas muito cheias, procure fazer compras em horário de menor movimento, isso vale também para ida ao banco.
– Em ônibus com poucos passageiros prefira ficar próximo ao motorista ou ao cobrador.

– Se estiver com crianças: alerta dobrado! Elas costumam ficar impacientes enquanto esperam e a qualquer descuido do responsável elas podem se perder ou mesmo serem sequestradas.


PARA APROVEITAR A VIAGEM:
– Evite andar por ruas, calçadões e praças mal iluminadas ou em horário muito avançado, principalmente em locais desconhecidos, pois estes são os pontos preferidos pelos meliantes que se aproveitam das condições para atacar suas vítimas.
– Caso precise pedir informações, procure alguém autorizado ou dirija-se a um balcão de informações.
– Não peça ajuda ou informações para pessoas estranhas. Procure se informar sobre o local visitado com gente de confiança (recepção dos hotéis ou dono do imóvel locado) antes de sair.
– Não reaja durante um assalto. Mantenha-se calmo (a), por mais difícil que possa ser.
– Lembre-se de que o assaltante está atrás do dinheiro ou pertence de valor e costuma atirar somente quando fica assustado ou acuado, principalmente diante de uma reação da vítima.
Booking.com