Porto Alegre sem Carnaval 2019 : Liespa não realizará o desfile das escolas de samba

Carnaval de Porto Alegre -Imperadores do Samba - Foto Luciano Lanes PMPOA
Carnaval de Porto Alegre -Imperadores do Samba – Foto Luciano Lanes PMPOA

Porto Alegre Carnaval 2019

Liespa não realizará o desfile das escolas de samba no Carnaval 2019 de Porto Alegre

A Liga Independente das Escolas de Samba de Porto Alegre (Liespa) informou que não realizará desfile no Carnaval 2019.A entidade aponta a ausência da participação da Prefeitura como uma das dificuldades para a execução do evento. Conforme nota divulgada pela Liespa, o último carnaval realizado pela Liga foi o de 2017 e que não teve êxito na busca de empresas parceiras para custear as demandas mínimas necessárias para a realização do evento.

Confira a nota da LIESPA:

“A LIGA INDEPENDENTE DAS ESCOLAS DE SAMBA DE PORTO ALEGRE-RS, vem a público por seu presidente executivo que abaixo assina, esclarecer os fatos inerentes a Cultura Popular chamada Carnaval:

01 – Visto as dificuldades para realização do evento e, a não participação do governo municipal de Porto Alegre no mesmo, o último carnaval realizado pela LIESPA foi o de 2017. E também como a LIESPA incansavelmente procurou Empresas parceiras para custear as demandas mínimas necessárias para a realização, inclusive esta para gerenciar todo processo comercial ficando com nossa entidade apenas a coordenação técnica dos desfiles, não logrando êxito e ainda sabedora da existência de um passivo referente ao ultimo carnaval realizado em uma atitude responsável e respeitosa aos credores do ultimo carnaval realizado, se viu na contingencia de não mais realizar o evento. Como a Liga é uma pessoa jurídica sem fins lucrativos e totalmente voltada a cultura Popular, tornou-se inviável realizar os desfiles de 2018 e 2019.Para possibilitar neste ano de 2019 que ocorra o evento, a Liga participou de reunião com os presidentes das entidades filiadas e ficou deliberado que as escolas filiadas realizarão por adesão e em número de 06 (seis) os desfiles do grupo especial (Ouro). Não aderiram duas entidades sendo a Embaixadores do Ritmo e a Acadêmicos de Gravataí e estas duas sem prejuízos em futuros carnavais. A LIESPA liberou suas filiadas para realizarem os desfiles de forma independente, sem ingerência administrativa direta da entidade “matter” (LIESPA).

02 – Nos dias de hoje, tramita Ação Cível perante a 2ª Vara do foro Sarandi em Porto Alegre, movida por Marcelo Alexandre Sanches Franco contra a filiada S.C.B.IMPÉRIO DA ZONA NORTE, cujo feito encontra-se em fase de cumprimento de Sentença. Porém, em momento algum a LIESPA foi parte neste feito jurídico, alias os únicos envolvimentos da Liespa, e somente por ser matter, trata-se de processo contra a AECPARS quando por determinação judicial, esta foi condenada a fazer a liquidação de tal divida , pois esta inviabiliza a retirada de certidão trabalhista, outra que através do BACEN foi retido valores na conta corrente da Liespa, sempre por conta de terceiros nunca por divida da propria LIESPA a ex: nesta demanda judicial do Império da Zona Norte ,quando no dia 21 março de 2017 , o oficial de justiça intimou Juarez Gutierres de Souza por determinação judicial para reter na entidade “matter” qualquer valor financeiro que fosse destinado a filiada Império da Zona Norte, sendo que até hoje, desde a data da intimação como fiel depositário, tal retenção nunca se concretizou, pois jamais foi creditado qualquer valor a qualquer filiada inclusive para o Império da Zona Norte. Juarez apenas foi intimado para esta missão, como pessoa física. Portanto a LIESPA não é parte no processo e neste mesmo feito nem seu presidente Executivo, bem como seus únicos credores ate o dia de hoje são os do último carnaval realizado em 2017 que é de conhecimento público, e estes tem sido informados constantemente de todo o cenário, aos quais em nome do carnaval agradecemos pela compreensão e a cada momento tratamos de cumprir com tais compromissos a Ex: dos credores de camarotes e frisas que estão sendo honrados por solicitação da Liespa junto a comissão realizadora os desfiles deste ano, bem como os demais casos serão atendidos ao seu tempo”.

Marchezan e o Carnaval
A gestão de Nelson Marchezan (PSDB) na Capital gaúcha é um fracasso. Desde sua posse a cidade vive momentos de tristeza com a ausência e deterioração do serviços e patrimônio do município. Sua administração é incapaz de fechar parcerias com o setor privado, focando seu trabalho na perseguição dos servidores públicos municipais, no aumento de impostos, na diminuição da oferta e qualidade do transporte público por ônibus e na retirada de direitos dos munícipes. Dois anos come muito lamento e mi-mi-mi, com pouca ação na Prefeitura. Lamentável!