Rio de Janeiro Carnaval 2016 – Ocupação média de hotéis em Ipanema e Leblon chega a 90%

Sheraton Rio Hotel Leblon Zona Sul
Sheraton Rio, no Leblon, Zona Sul – Foto Divulgação

A média geral na capital Fluminense está em 82,20%. Todos os bairros apresentam ocupação superior a 70%, com destaque para Ipanema e Leblon, que já registram mais de 90% dos quartos vendidos, e Copacabana e Leme, com 86% de reservas. Os bairros do Flamengo e de Botafogo registram 84,04%, seguidos pelo Centro, com 78,13%, e pela Barra da Tijuca, com 71,86%.

Os hotéis de três e quatro estrelas têm a preferência dos turistas, com 82,93% dos quartos ocupados, enquanto os cinco estrelas têm 71,87 de ocupação até o momento.

Interior

Os hotéis no interior do Rio de janeiro estão com quase todos os quartos ocupados neste carnaval. De acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Estado do Rio de Janeiro (ABIH-RJ), a ocupação chegou a 95%, um aumento de 3,35% em relação ao carnaval de 2015.

As cidades de Paraty, Costa Verde, e Vassouras, Médio Paraíba, venderam quase 100% dos quartos para os feriados. A Região Serrana chegou a 95% de ocupação,, seguida pela região dos Lagos, com 90% de ocupação. Segundo estimativa da entidade, cerca de 70% dos hóspedes são provenientes do mercado nacional.

“O dólar alto beneficia o turismo interno, e muitas famílias estão optando por viagens de carro, para destinos próximos dentro do seu estado”, comentou o presidente da ABIH-RJ, Alfredo Lopes.

Como foi em 2015

A taxa de ocupação média da rede hoteleira do Rio de Janeiro no Carnaval  2015 chegou a 83,79%, com 6 pontos percentuais acima do índice registrado em 2014. A informação foi divulgada no sábado (20.02.15) pela Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Rio de Janeiro (Abih-RJ).

Segundo a Abih-RJ, o maior índice foi nos bairros de Ipanema e do Leblon, os mais procurados pelos turistas, que superaram 90% de ocupação média (92%). Em seguida vieram os bairros de Copacabana e Leme, com taxa de ocupação de 85,34, do Flamengo e de Botafogo, com 83,10%, e o centro, com 82,25%.

A Barra da Tijuca surpreendeu a indústria hoteleira. com taxa de ocupação de 77%, com aumento de quase 10 pontos percentuais em relação ao resultado do ano passado.

Segundo o presidente da Abih-RJ, Alfredo Lopes, a ocupação da rede hoteleita “superou as expectativas, e o carnaval carioca foi fortemente prestigiado, principalmente, pelos turistas nacionais, que ocuparam mais de 70% dos quartos vendidos”.

De acordo com a associação, na Costa Verde, em cidades como Angra dos Reis e Paraty, a taxa de ocupação passou de 95% e, nas da região serrana, o percentual ficou entre 90% e 95%. Na Região dos Lagos,  os hotéis de Búzios, Cabo Frio e Arraial do Cabo tiveram ocupação superior a 85%. A média geral no interior do estado fechou acima dos 90%.

Fonte : Agência Brasil