Porto Alegre Carnaval 2015 – Desfile da Escola de Samba Acadêmicos de Gravataí

Desfile Academicos de Gravatai Carnaval Porto Alegre 2015 00

Cantando um novo mundo regido pela harmonia, a justiça e a equidade, a Acadêmicos de Gravataí foi a segunda escola a desfilar no primeiro dia de apresentação do Grupo Especial do Carnaval 2015 de Porto Alegre. A escola de samba desfilou na madrugada de sábado (14.02.15), no Complexo Cultural Porto Seco, na Capital gaúcha.

A Onça de Gravataí apresentou cerca de 2 mil integrantes, distribuídos em 20 alas e cinco carros alegóricos, que passaram na avenida com enredo “Eis que tudo transformei! Gravataí, transforma o mundo, através dos cinco sentidos”. A proposta da escola foi mostrar um mundo onde a natureza é purificada pelo olfato, a mente orientada pelo tato, o alimento farto distribuído pelo paladar, a subjetividade harmonizada pela audição e a nova sociedade apresentada pela visão.

No final do desfile a presidente Rita Virgínia Bitencourt destacou a o trabalho da escola. “Foi tudo certo. Nos trabalhamos o ano inteiro e batalhamos por este desfile”, afirmou.

Invalid Displayed Gallery


Fotos : Ivo Gonçalves e Joel Vargas  / Texto : Vitor Hugo Rodrigues Paz – PMPA 

 

Samba Enredo: “Eis que tudo transformei!”

Desfila a magia em poesia
Na passarela, um sonho imortal.
No ar… O sopro da natureza
A seiva da vida que traz a beleza
Semente que brota a transformação
Florescem nos jardins de aroma,
A flor do ritual!
Num toque de magia o sobrenatural
Desafiando o culto da existência
Desejo um beijo…
Das mãos que recriam, renascem.
O artista é a renovação, a força da arte!

Se tem banquete pro paladar!
Na alma o bem estar,
“Temperando o saber” do dia-a-dia!
Divina fonte de energia

Ecoam…palavras de amizade
Revelam…o amor em primeiro lugar
A voz que faz ensinar a viver
As ondas e sons, harmonia ao trazer
A perfeição, sabedoria e emoção
Maestro, a sua orquestra é a liberdade
A sinfonia da felicidade
Em cada olhar vejo a pureza
No mundo das cores,
Um cenário especial
A chama do meu carnaval

É raça, paixão que me domina.
Lá vem a escola da minha vida!
Quem é Gravataí? Eu sou!
A onça negra chegou!