Porto Alegre Carnaval 2015 – Desfile da Escola de Samba Bambas da Orgia

Desfile Bambas da Orgia Carnaval Porto Alegre 2015 00

Bambas da Orgia encerrou na madrugada de sábado (14.02.15) a programação do primeiro dia de desfiles do Grupo Especial do Carnaval 2015 de Porto Alegre, no Complexo Cultural do Porto Seco ( Rua Hermes de Souza – Rubem Berta ), na Capital gaúcha.

A religiosidade, a musicalidade, o turismo e as festas baianas inspiraram o tema da Bambas da Orgia para o Carnaval 2015 de Porto Alegre. Com o enredo “Bahia, terra de bambas”, desenvolvido pelo carnavalesco Guilherme Xavier, a Azul e Branco abordará o candomblé e o catolicismo, os costumes e a miscigenação do povo baiano e a infinidade de ritmos e artistas do estado. A escola também levará para a avenida projetos ambientalistas como os trabalhos do Instituto Baleia Jubarte e o projeto Tamar, sobre tartarugas marinhas.

Bambas da Orgia contou com cerca de 1,5 mil integrantes, quatro carros alegóricos e 20 alas. Ao final do percurso, muito emocionado, o presidente Cleomar Rosa dedicou o desfile à sua mãe, falecida há seis meses, e ressaltou o trabalho da escola. “Abordamos esse tema com muito carinho e procuramos fazer o Carnaval que o povo gosta e quer”.

Desfile Bambas da Orgia Carnaval Porto Alegre 2015 000

A Escola – Presidida por Cleomar Rosa, a Sociedade Beneficente Bambas da Orgia foi fundada em 6 de maio de 1940, por um grupo de ex-integrantes dos Turunas na rua Santana. Seu primeiro desfile ocorreu com 13 componentes. Em 1942, houve uma dissidência entre alguns fundadores, o que ocasionou a fundação da Sociedade Nós os Democratas. A escola é detentora de troféus especiais por suas conquistas: Troféu Zé Pereira, Troféu Vicente Rao e o Troféu Aimoré Silva. A Bambas da Orgia conquistou 20 vezes o título de campeã do Carnaval de Porto Alegre.  Em 2014, a Bambas da Orgia ficou em quinto lugar.

 

Samba-enredo 2015 – “Bahia, terra de bambas”
Sagrada Bahia
:: Compositores – Alex Bagé, Gustavinho Oliveira, Fadico, Victor Alves, Diego Nicolau, Danilo Garcia, Léo do Paysa
:: Intérprete – Fábio Ananias

Os deuses de Orum vão despertar
Terra de encanto e alegria
Raças se encontram em um só lugar
Na benção de nosso Senhor do Bonfim
Vou lavar a escadaria, e benzer meu patuá
A chama da fé se renova em mim
Tem batuque no terreiro
Menininha saravá!

Tem dendê no seu tempeiro, baiana!
Põe pimenta pra queimar, pra queimar! ( bis)
Já armei meu tabuleiro, o sabor baila no cheiro
Quem quiser pode provar!

Meu rei vem conhecer , o que a Bahia tem
”Porto Seguro” de felicidade
Nas praias eu vou mergulhar

Suave é a brisa do mar
Vem se encantar em cada cidade
Descer a ladeira, jogar capoeira
A arte faz morada nesse chão
Terra de gênios imortais
Que arrastam multidões em tantos carnavais
Bahia, inspiração de lindas melodias
Muito prazer, sou Bambas da Orgia
A sua história vou eternizar

Tem magia ô, lá em São Salvador
Meu samba vai sacudir o Pelô ( bis)
Lá vem minha Águia a emocionar
Sou Bambas da Orgia e ninguém vai me derrubar

Fotos : Ivo Gonçalves e Maia Rubim e Joel Vargas / Texto Eduardo Cescani