Belo Horizonte Carnaval de Rua : Bloco de Belô arrasta 150 mil foliões

Bloco Belo Carnaval de Rua Belo Horizonte

Belo Horizonte Carnaval de Rua

O Bloco de Belô, arrastou mais de 150 mil pessoas em seu sexto ano de cortejo, no sábado (02.03.19), primeiro dia de folia,. O bloco dos comunicadores, como é conhecido, teve um aumento de quase 80% no número de foliões que vieram de diversas partes do país para conferir o carnaval que mais cresce no Brasil de acordo com a Prefeitura Municipal de BH. Foram sete horas de muita folia, alegria, descontração e o melhor, o espírito de paz. Segundo a Polícia Militar não houve nenhuma ocorrência durante o cortejo e a dispersão ocorreu tranquilamente.

No carnaval 2019, o Bloco de Belô também estreou um novo trajeto, aumentando em uma hora a mais o cortejo. “Saímos da rua da Bahia com avenida Álvares Cabral até a avenida Bias Fortes e depois descemos a rua Espírito Santo, voltando para o mesmo local da concentração. E atrás da gente aquele mar de gente. Nem dava para ver o chão da rua de tantos foliões. E o melhor, cantando as nossas músicas. É o trabalho de um ano dando certo na avenida e alegrando as pessoas que nos acompanham – sem brigas, sem violência, só com muita vontade de se divertir”, afirma o criador do bloco, o jornalista Robhson Abreu.

Contrariando a meteorologia que previa pancadas de chuva, na tarde de sábado não caiu uma gota, animando ainda mais o cortejo e reunindo um número cada vez maior de foliões. Foi impossível ver o chão da rua da Bahia. Quando o trio desceu a avenida Bias Fortes, era possível ver a extensão da folia e a alegria dos foliões com os braços estendidos para cima. “Foi emocionante ver o entrosamento com as pessoas e mais maravilhoso ainda ver todos cantando ‘Amor de Carnaval’, a música do Belô em 2019. Não só ela mas, ‘Belôzeiro’ e ‘Zé de Maria’. Estamos no caminho certo de valorizar o axé mineiro. Vamos mostrar ao Brasil que nós também fazemos um axé de qualidade e que podemos ser o hit de qualquer verão. O Bloco de Belô ainda será reconhecido por sua qualidade musical e por ter os foliões mais alegres de BH”, diz o vocalista do Belô, o cantor baiano Alex Rodrigues.

Outra grande novidade do Bloco de Belô foi o abadá criado por Leandro Sá, design de acessórios e microfones de artistas como a rainha da axé music, Daniela Mercury, e também de Anitta, Solanja, Joelma, Valeska Popozuda, Calcinha Preta, entre muitas outras. Sá é muito conhecido e requisitado pelas famosas graças ao trabalho que vem desenvolvendo em Salvador com o design e customização de peças como microfones, celulares e agora abadás. “Fiquei encantado com o sucesso do Bloco de Belô e também pelos projetos sociais e ações estratégicas desenvolvidas por seu criador, o jornalista Robhson Abreu”, disse o estilista.